G1 Globo.com, 30/07/2018

Passagem da tempestade tropical Beryl levou toneladas de plástico à costa de Santo Domingo.

Após toneladas lixos invadirem as praias de Santo Domingo, na República Dominicana, o Ministério do Turismo emitiu nota esclarecendo que os resíduos já foram retirados e a costa da capital está limpa novamente.

O comunicado diz ainda que destinos turísticos como Punta Cana, Puerto Plata, Samaná, Juan Dolio e La Romana “operam normalmente” e não foram afetados pelo lixo.

“O trabalho instaurado pelas autoridades para superar com rapidez e eficiência o impacto dos resíduos acumulados na Costa Sul merece todo o reconhecimento dos hoteleiros da capital”, disse Roberto Henríquez, presidente da Associação dos Hoteleiros de Santo Domingo.

O comunicado também menciona ainda um agradecimento a voluntários e ONGs que ajudaram na limpeza: “Sob a liderança do Ministério de Obras Públicas e Comunicações, a Prefeitura de Santo Domingo, em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente e Recursos Naturais, as Forças Armadas Dominicanas, as autoridades portuárias, a Associação das Indústrias da República Dominicana, diversas ONGs nacionais e internacionais e centenas de voluntários forneceram uma solução rápida e eficaz para o acúmulo de resíduos no menor tempo possível”.

O acúmulo de lixo acontece depois que a tempestade subtropical Beryl passou pela região levando o lixo para a costa das praias locais, como a de Montesino.

A ONG Parley, que trabalha com preservação dos oceanos, filmou as “ondas de lixo” no local e classificou a situação como emergencial. Em comunicado, declarou ter retirado um total de 1000 toneladas de lixo desde o dia 13 de julho. Segundo a ONG, garrafas plásticas e caixas de isopor foram encontradas em meio ao lixo. (…)


Start typing and press Enter to search

Send this to a friend