Beisebol

O beisebol é o esporte favorito da República Dominicana. Para os dominicanos, a “pelota“, como o chamamos por aqui, é muito mais do que um esporte. É uma paixão sem limites, um amor pelo país e pela união. Para a geração jovem, o beisebol também simboliza um sonho e a esperança de um futuro melhor, com a possibilidade de se tornar um dos lendários jogadores de beisebol dominicanos do mundo. Afinal de contas, isso funcionou para Sammy Sosa, Pedro Martínez, David Ortiz, Robinson Canó, José Reyes, Juan Marichal e Bartolo Colón, entre vários outros.

Além de acompanhar seus jogadores favoritos durante os jogos da MLB (Liga Principal de Beisebol), cada dominicano tem um time favorito para torcer durante a temporada de beisebol dominicana.  A temporada de beisebol na RD vai de meados de outubro até o final de janeiro, com seis equipes competindo nos principais estádios de beisebol profissional por todo o país. Se você estiver de visita durante esses meses, acrescente essa experiência exclusiva à sua lista. Ir a um “juego de pelota” dominicano é muito mais do que assistir a um jogo, é também participar de uma festa animada. Para saber os horários e os preços, comprar ingressos e obter outras informações, visite o site oficial da Liga Dominicana de Basebol.

 

Origem e História

Como exatamente a pelota se tornou tão grande e popular na RD?

Existem diferentes opiniões sobre a data exata em que o beisebol foi introduzido na República Dominicana. Alguns dizem que os irmãos cubanos Ignacio e Ubaldo Alomá foram os primeiros a introduzir o esporte em setembro de 1886, em San Pedro de Macorís. Outros dizem que o esporte começou entre 1894 e 1896 com os cubanos que viviam na República Dominicana, com as primeiras equipes conhecidas como Ozama e Cauto. Uma terceira versão diz que a data de início oficial foi 25 de setembro de 1886, quando alguns marinheiros cubanos fizeram uma demonstração do jogo em um terreno perto da cidade portuária de San Pedro de Macorís e depois deixaram para trás os bastão e as bolas que eles usaram. Por último, mas não menos importante, existe uma teoria de que os americanos introduziram o esporte durante a primeira ocupação dos EUA em 1916.

De qualquer maneira, o beisebol amador começou a se desenvolver durante a década de 1940 durante os torneios realizados em homenagem a Rafael Trujillo. Esse ditador foi fundamental na construção do primeiro estádio de beisebol em 1946, chamado de Estadio Trujillo e mais tarde renomeado como Estadio Quisqueya.

O beisebol dominicano organizado e profissional começou em 1955, com a criação da Liga de Beisebol Profissional da República Dominicana (LIDOM) e sua entrada na MLB. O primeiro presidente da Liga Dominicana de Basebol foi o Dr. Hipólito Herrera Billini. Em 1956, o primeiro jogo de beisebol profissional aconteceu à noite no recém-construído Estado Quisqueya, também conhecido como Estádio Juan Marichal, em homenagem ao grande arremessador dominicano que jogou na MLB.

 

Times e Estádios

A Liga Dominicana de Beisebol Profissional é formada por seis equipes principais: Tigres del Licey, Estrellas Orientales, Leones del Escogido, Águilas Cibaeñas, Toros del Este e Gigantes del Cibao.

 

Figuras do Beisebol

Com a maior contribuição de jogadores profissionais para a MLB do que qualquer outro país do mundo, são vários os atletas de beisebol da República Dominicana que se transformaram em astros. Ao longo dos anos, mais de 65 jogadores foram selecionados como All-Stars da MLB, entre eles Manny Ramirez, Juan Marichal, Vladimir Guerrero, Albert Pujols, David Ortiz, Pedro Martínez, Sammy Sosa, Alfonso Soriano, Adrian Beltre, Miguel Tejada, Robinson Cano e Tony Fernández.

O maior orgulho do time de beisebol da RD é o fato de dois jogadores terem entrado no Hall da Fama do Beisebol Nacional em Cooperstown: Juan Marichal, arremessador do San Francisco Giants, em 1983 e Pedro Martínez, arremessador do Boston Red Sox, em 2015.

Filter
Categories
Apply Filter Reset
Center map
Tráfego
De bicicleta
Transit
Google MapsComo chegar

Start typing and press Enter to search